O Que Falta Na Minha Cidade


SATUO - Sistema Automático Transporte

    Carlos André

    SATUO - Sistema Automático Transporte

    Iniciado por Carlos André

    SATUO - Vulgo elevador, com inúmeros custos ambientais apesar de não fazer "muito" barulho quando se movimenta ...

    A ESTÓRIA, não não me enganei a escrever ... é mesmo uma verdadeira "estória" de ricos e riqueza neste quinhão a que chamaram OEIRAS.

    Sim, mas o Senhor Marquês de Pombal nestes tempos modernos, já era. Foi-se por defunto.

    Ficou um outro Edil, pretenso sucedâneo, que era mesmo ... muita rico!!! Atrevia-se mesmo a dizer que antecipava a qualidade de vida para as Gentes de Paço de Arcos - Oeiras!!

    Eu, ainda hoje e diariamente, mesmo depois de morto pela Ministra das Finanças - Dra. Maria Luis, vejo o Fantasma a acender as luzinhas da pista durante a noite!!! Onde não se passa nada!! Nem a viatura se movimenta!

    Ora, acontece que o MONO foi abatido ao serviço há uns meses. Os "mordomos" que eram os "donos" daquilo tudo foram despedidos (menos o gajo que acende a luz da pista à noite), os actuais autarcas estão mesmo à rasca ... até tornam a dizer que vem aí o ... Edil Isaltino (dono daquilo tudo e da ideia que ... transportou / transpirou de Sidney).

    Uma coisa é certa. Os Idosos que pretendem ir às compras ao Oeiras Parque ou às Consultas Médicas do Centro de Saúde, vão a pé (sempre a subir) ou ... melhor, não vão!!! Não há qualquer alternativa de transporte!!! Mesmo que seja em carroça!!!

    A CMO não dá alvará para o transporte em carroças!!!?

    Pergunto, ninguém "multa" os Edis-Autarcas por ideias parvas e absurdas??

    Mesmo quando abusam dos gastos das verbas autárquicas disponíveis???

    Vamos lá a ver se ALGUÉM dá sugestões para uma nova utilização!!???

    Cá por mim, avanço desde já, ... uma pista de Ski em Slalom Gigante ...

     

    Oeiras

    Oeiras

    Oeiras é uma vila portuguesa e uma divisão administrativa da Grande Lisboa. O pequeno município de Oeiras, com apenas 45,88 km², é o 5º mais densamente povoado de Portugal, com 172 120 habitantes (2011).